30/05/2012

Consumindo ou sendo consumidas? #Parte I


Olá meninas!!!!
Vim compartilhar com vocês, uma série de coisas que tenho vivido ou percebido.
Creio que todo erro pode se tornar um acerto se corrigido e repensado.
Achei interessante falar disso no blog. Tenho certeza que muitas se identificarão.
Mas também quero deixar claro que essa é a minha opinião e minhas experiências.
Não quero ser má interpretada, mas sei que é uma consequência, afinal estou abrindo
uma discução em rede social, onde qualquer pessoa pode acessar e comentar, certo?


Falar de moda sem consumismo é impossível. Não estou fazendo aqui um apelo do
tipo: PAREM DE CONSUMIR suas descontroladas! rs Nada disso! Eu só quero
chamar atenção sobre como consumimo. E vou dizer por que resolvi abordar
esse assunto aqui ok? Eu sou blogueira, acompanho váários blogs de moda que
amo e sei que é natural que a gente queira dividir nossas compras e novas
aquisições. Mas me preocupo em saber que muitas meninas não encaram isso
(de dividir essas informações) de maneira sadia. E acabam gastando e investindo
no que não podem... só pra causar uma boa impreensão ou algo do tipo.


Sei que essa ferramenta (os blogs de moda) se usados pro bem, podem ser
um bom guia fashion pra qualquer pessoa, mas também sei que pode ter um
efeito contrário, incentivando muitas garotas a terem aquilo que não poderiam.


Então decedi tocar no assunto, não quero alfinetar ninguém,  
quero apenas dispertar esse assunto em nosso meio. 

A maior parte do que fazemos, é consumir... tomar banho, lavar os cabelos,
escovar os dentes, se alimentar,  se vestir, se calçar, estudar, ler, conhecer, viajar,
passear, comprar. Atenção! Você está consumindo. Em grandes ou pequenas proporções,
quase tudo que fazemos nessa vida, é consumir. É necessário, eu sei. Mas será que deve ser
da maneira como acreditamos? Há uma diferença entre consumir e ser consumido.

A verdade é que tudo que temos nunca está bom o suficiente. E pra ser sincera com vocês,
antes eu precisei ser sincera comigo mesma. E eu vou compartilhar o que vivi recentemente.
Ontem fui resolver umas coisas, fazer reposição de materias que estava em falta no meu ateliê.
Eeeee... passei em frente a uma loja de sapatos. Vem comigo, que eu te conto tudo! rs

Parei na frente de uma vitrine maravilhosa e fiquei quase "hipnotizada".
Me senti como os cachorrinhos vendo os frangos de padaria assando! rs
E mesmo assim, na minha mente parecia piscar: Você só vai experimentar!
Então entrei na loja, experimentei o mesmo modelo de todas as cores, e levei
o que "combina com tudo"! Mas que tudo?

E na loja, enquanto a vendedora pegava o meu número, virei pro lado e pá...
vi uma bolsa liiindaaaaaaaaa que tinha tudo a ver com o sapato que escolhi.
(Lembram que eu disse que aquele sapato combinava com tudo?) Pois é,
se combina com tudo por que estou levando uma bolsa pra combinar com ele?
Se combina com tudo mesmo, ele combinaria com as dezenas de bolsas que
já tenho em casa, certo? Nãããaoooooo! Por que levei o sapato e a bolsa!

Peguei o cartão com o nome da vendedora  e prometi voltar como se ela fosse
minha melhor amiga. Depios comecei a refletir, que quanto mais consumimos, mais
queremos consumir. É terrível, nunca estamos satisfeitos e tentamos preencher
o vazio comprando coisas, muitas coisas, que ficam sem utilidade depois.
Aposto que você deve ter uma roupa no armário com etiqueta ainda, ou
aquela peça que você provou na hora e achou perfeita, mas depois nunca usou!

Quanto mais consumimos, mais vazias nos sentimos. É só parar pra pensar, quando
compramos nos sentimos tão bem, leves e realizadas né ? Mas passado um tempo, tudo
parece tão normal. Nada ao nosso redor mudou! Nada melhorou. Que diferença fez?
Consumir é realmente prazeroso e muito bom, mas que loucuras você comete para ter
a  bolsa da moda, ou o perfume QUE-TODO-MUNDO-TEM?

Queridas, de verdade, espero que possam ser sinceras com vocês mesmas,
reflitam sobre suas formas de consumo e se isso te deixa mal depois.

Você consome ou é consumido?
Você consome saudávelmente ou faz qualquer coisa pra ter o que "precisa"?

Será que você tenta impressionar as pessoas ao seu redor com o que você usa?
As suas escolhas ao consumir estão dentro do seu padrão de vida?
(Responda pra você mesma e se desejar compartilhe sua experiência comigo)
Beeeijos... aguardem a PARTE II da série CONSUMISMO.

5 comentários:

  1. È verdade quanto mais consumimos mais queremos consumir e realmente precisamos parar pra pensar até que ponto e de que maneira isto está afetando nossas vidas! Muito bom Day!

    ResponderExcluir
  2. Jéssica Campello31 de maio de 2012 10:27

    Sou consumida de tanto consumirr!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, muita coisa!!! Parabens!!!

    ResponderExcluir
  4. Que bom que vcs curtiram meninas! Camilla, fico feliz em
    em saber que isso te fez refletir sobre como consumir.

    Beijoooos!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o assunto abordado Day! É quase impossível controlar. Principalmente quando você é ligada a moda. Mas como você falou, consumo está por todas as partes. Precisamos, repensar no que compramos e tentar amenizar. Com jeitinho acho que conseguimos!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário! Volte sempre.